“Não devo nada ao movimento feminista. Ele é um veneno.”

Publicada em 26/08/2020

”Não queremos um lugar que foi reservado a nós por lei ou por alguém.
Não queremos falar de mulher, para mulher e com mulher. Queremos falar com todos e para todos, porque assim que acreditamos que a sociedade vai evoluir.”

Por: Mariana Doernte Lescano

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Deixe sua opinião