notícias

Publicada em 06/07/2021

Matéria retirada do site Uol. O governo federal definiu o modelo de privatização dos Correios e quer se desfazer de 100% do capital da estatal. A informação foi confirmada pelo secretário especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados do Ministério da Economia, Diogo Mac Cord, em entrevista ao jornal O Globo. Segundo ele, a pretensão é vender o controle da empresa de forma integral, num leilão tradicional, “com abertura de envelopes”. O comprador levará ativos e passivos da companhia. Após conseguir aprovar a privatização da Eletrobras, o governo quer votar logo na Câmara o projeto de lei de privatização dos

Publicada em 28/06/2021

Matéria retirada do site InfoMoney. A melhora das perspectivas de crescimento da economia e o avanço da vacinação contra a covid-19, ainda que lento, já fazem empresas multinacionais retomarem os planos de investimento no Brasil, antes paralisados ou prejudicados por causa da pandemia. Nos últimos meses, tem crescido o número de companhias estrangeiras que anunciam novos projetos de expansão, aquisições ou aportes de capital no País, destaca o Estadão neste domingo. O grupo português de distribuição e geração de energia EDP, por exemplo, anunciou recentemente um plano de investir R$ 10 bilhões no Brasil nos próximos cinco anos. A montadora francesa

Publicada em 31/05/2021

Matéria retirada do site UOL. O ministro da Economia, Paulo Guedes, ressaltou que o governo e o mercado estão revendo as projeções de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) para 2021. “A economia brasileira está de novo em uma rota surpreendente. Está dando indicações de que pode crescer bem acima dos 3,4% neste ano. As revisões do mercado para crescimento estão acima de 4% e há quem preveja 5%”, afirmou, durante o Fórum de Investimentos Brasil 2021 (BIF), um evento internacional sobre atração de investimentos estrangeiros para o Brasil, organizado pela Apex-Brasil, Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e governo

Publicada em 27/05/2021

Hoje comemoramos do Dia Livre de Impostos em todo o Brasil. Diversas empresas e marcas estão reduzindo e zerando as tributações para mostrar ao consumidor o impacto que as taxas tem no valor final do produto. Nós da ACLAME somos incentivadores dessa campanha, porque acreditamos que existem forma melhores e mais inteligentes do Estado arrecadar dinheiro. Não podemos pagar altos impostos, seja na gasolina, seja na nossa comida, seja em qualquer lugar. Não temos retorno de volta, nem na segurança, nem na saúde, nem na infraestrutura dos nossos municípios. Estamos juntos pela liberdade de escolha de cada um.

Publicada em 21/05/2021

Matéria publicada no site G1. Os brasileiros já pagaram R$ 1 trilhão em impostos desde o início deste ano. O valor foi atingido às 7h53 desta quarta-feira (19), segundo cálculo do Impostômetro, da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). No ano passado, marca só foi atingida em 27 de junho. O valor corresponde ao total pago para a União, estados e municípios na forma de impostos, taxas, multas e contribuições. “O índice, portanto, já aponta que os contribuintes brasileiros devem pagar mais dinheiro para os cofres públicos neste ano do que pagaram em 2020 e, até mesmo, em 2019, época sem

Publicada em 19/05/2021

A empresa de varejo de vinhos, Wine, já está na terceira edição da sua campanha de mostrar o peso dos tributos no valor final da bebida. Por isso, entre os dias 20 e 23 de maio, todos os rótulos disponíveis em seu site terão imposto zero, assim, é possível que os os descontos possam chegar em até 70%. Os preços dos vinhos mais baratos podem chegar até R$ 24,90. Segundo a empresa, em 2019, na primeira ação, foram zerados cerca de 200 marcas. Na segunda edição, foi ampliada para 500 e agora todo os vinhos disponibilizados podem ser comprados