Governo Federal reduz em 10% os impostos de importação sobre bens de capital e eletroeletrônicos

Notícias

Publicada em 29/03/2021

No último dia 17, o Governo Federal reduziu a taxa de importação que influência nos valores de máquinas, equipamentos, celulares e computadores. A ideia é que isso aumente a competitividade e permita queda nos preços para o consumidor final. A medida entrou em vigor na quarta-feira (24).

Tanto o comprador, como os empresários de pequeno e médio porte serão beneficiados pela redução. Aparelhos celulares e notebooks, por exemplo, terão a tarifa reduzida de 16%, para 14,4%. Já equipamentos médicos, passarão de 14%, para 12,6%. A ação também diminui os impostos sobre guindastes, escavadeiras e demais equipamentos ligados à construção civil.

Em tempos modernos, é um alívio para a população a baixa desses impostos. Preços baixos e menos burocracia são o caminho para a liberdade econômica.

LEIA TAMBÉM

Só falta o prefeito de Porto Alegre.

Esta terça-feira (4) começa a marcar um novo estágio do sistema de distanciamento controlado no Rio Grande do Sul, com flexibilizações na bandeira vermelha para serviços não essenciais. As

A ACLAME é contra

Um dos alimentos mais comuns na mesa dos gaúchos é a carne. Apesar de seu consumo estar enraizado na cultura do Rio Grande do Sul,

Nova reforma tributária

A fórmula mágica de cobrar mais impostos do mesmo grupo já se mostrou ineficaz. Historicamente, reformas tributárias trazem consigo a oneração da Classe Média. A